Blog da Casa

Será que eu dou conta?

Será que eu dou conta?

Escrever está no campo do prazer e da descoberta, não tem a ver com criar (mais) uma pressão alucinada na lista de tarefas Por Lara Torres Temos recebido perguntas sobre...

Será que eu dou conta?

Escrever está no campo do prazer e da descoberta, não tem a ver com criar (mais) uma pressão alucinada na lista de tarefas Por Lara Torres Temos recebido perguntas sobre...

Chamadas abertas para publicação #janeiro

Chamadas abertas para publicação #janeiro

Clique nos links das chamadas para mais informações sobre o envio dos textos EditorasCachalote EditorialGênero: romance, conto, crônica e poesiaPrazo: até 4 de fevereiro Informações aquiEditora PatuáGênero: romance, conto, crônica e...

Chamadas abertas para publicação #janeiro

Clique nos links das chamadas para mais informações sobre o envio dos textos EditorasCachalote EditorialGênero: romance, conto, crônica e poesiaPrazo: até 4 de fevereiro Informações aquiEditora PatuáGênero: romance, conto, crônica e...

Prêmios literários com inscrições abertas #2024

Prêmios literários com inscrições abertas #2024

  Confira 4 concursos que estão com inscrições abertas agora   Concurso literário da Ria Livraria - Selo EditoRia Serão publicadas as obras dos três primeiros colocados, que também ganharão uma premiação...

49 comentários

Prêmios literários com inscrições abertas #2024

  Confira 4 concursos que estão com inscrições abertas agora   Concurso literário da Ria Livraria - Selo EditoRia Serão publicadas as obras dos três primeiros colocados, que também ganharão uma premiação...

49 comentários
Labirinto de espelhos – uma espécie de diário, de Adriane Figueira

Labirinto de espelhos – uma espécie de diário, ...

  Grau zero   A narradora dessas histórias só existe dentro do abismo inconsciente do sonho, ela habita  na invisibilidade da matéria, porém pregada aos corredores labirínticos de que é feito...

Labirinto de espelhos – uma espécie de diário, ...

  Grau zero   A narradora dessas histórias só existe dentro do abismo inconsciente do sonho, ela habita  na invisibilidade da matéria, porém pregada aos corredores labirínticos de que é feito...

Sem-nome, de Cintia Brasileiro

Sem-nome, de Cintia Brasileiro

Sem-nome Ele me viu através do vidro, notei seus pés impacientes, mas continuei andando. Mal cruzei a portaria da contabilidade e ele estava lá, pronto para me despir com sua...

Sem-nome, de Cintia Brasileiro

Sem-nome Ele me viu através do vidro, notei seus pés impacientes, mas continuei andando. Mal cruzei a portaria da contabilidade e ele estava lá, pronto para me despir com sua...

2 poemas de Michele Soares

2 poemas de Michele Soares

cama II  uma cama como uma piscina  escrever no tecido o gesto  nadar nos lençóis  formar desenhos  mudar a disposição cotidiana das coisas  fazer formas que as videntes poderão ler ...

2 poemas de Michele Soares

cama II  uma cama como uma piscina  escrever no tecido o gesto  nadar nos lençóis  formar desenhos  mudar a disposição cotidiana das coisas  fazer formas que as videntes poderão ler ...