Pular para as informações do produto
1 de 1

Vivendo de Amor, com Heleine Fernandes

Vivendo de Amor, com Heleine Fernandes

Preço normal R$ 110,00
Preço normal Preço promocional R$ 110,00
Oferta Esgotado
Ver informações completas

Se o amor é uma ação, como argumenta bell hooks, como driblar o ódio que a sociedade historicamente dedica a pessoas negras?

O curso

Partindo do ensaio da intelectual negra estadunidense bell hooks, “Vivendo de amor”, publicado pela primeira vez no Brasil nos anos 2000, vamos discutir os impactos da escravidão na construção da subjetividade e na prática amorosa entre pessoas negras. Traremos as ideias de hooks para o contexto do Brasil afro-diaspórico, estabelecendo um diálogo com obras da literatura brasileira e também com itans, narrativas mitológicas da tradição iorubá.

Ao longo dos dois encontros, leremos trechos das obras de Carolina Maria de Jesus, Ana Maria Gonçalves, Djamila Ribeiro, Miriam Alves, Nina Rizzi e Mãe Beata de Yemanjá. A proposta é investigar estratégias e rotas de fuga em direção à experiência amorosa: se o amor é uma ação, como argumenta hooks, como driblar o ódio que a sociedade historicamente dedica a pessoas negras? Como desaprender o auto-ódio que pessoas negras foram ensinadas a sentir?

--

BOLSAS

Há bolsas de 70% de desconto disponíveis para a atividade, destinadas a mulheres em situação de vulnerabilidade econômica, seja por raça, gênero, maternidade solo, orientação sexual ou outras questões. O critério é autodeclaratório. Para se candidatar, é necessário escrever uma carta de interesse para cursos@casainventada.com.br, contendo uma breve apresentação sua e mencionando como o laboratório poderá auxiliar em sua trajetória literária e/ou desenvolvimento pessoal.

  • Datas:

    26 e 27 de março (nova data)

  • Horário:

    20h às 22h (horário de Brasília/São Paulo)

  • Plataforma:

    Zoom. As aulas são ao vivo, mas também ficam gravadas (acesso livre por 30 dias).

1 de 3

Plano de voo:

ENCONTRO I_ Amor como desafio para pessoas negras

Apresentação da proposta do curso. Abordagem da primeira parte do ensaio: apresentação do problema e do contexto histórico da diáspora negra. Impacto da escravidão na prática amorosa entre pessoas negras;

Leitura de trechos da biografia de Mãe Beata de Yemanjá, de “Um defeito de cor”, de Ana Maria Gonçalves e de “Cartas para minha mãe”, de Djamila Ribeiro. Visões sobre o amor: amor como algo perigoso; amor como fraqueza; amor como espiritualidade. Tese do amor como ação.

ENCONTRO 2_ O amor não é um luxo

Leitura de poemas de Nina Rizzi e Miriam Alves. Diálogo com o ensaio “Poesia não é um luxo”, de Audre Lorde;

Amor de mãe: leitura de trechos de “Quarto de Despejo” e “Diário
de Bitita”;

O que é o auto-ódio? A prática amorosa como autoconhecimento e
desenvolvimento da subjetividade. Leitura e discussão de trechos de “Compromisso: que o amor seja o amor próprio”, do livro “Tudo sobre o amor: novas perspectivas”, bell hooks. Manobras em direção ao auto-amor. A saúde do orí: itan de Yemanjá e Omolú. Oxum e o autoamor.

Facilitadora

Heleine Fernandes é poeta, ensaísta, performer e pesquisadora de Poesia Contemporânea Negra-Brasileira. Finalista do prêmio Jabuti, é autora do livro de poemas “nascente” (editora Garupa e Ksa1, 2021) e do livro de ensaio “A poesia negra-feminina de Conceição Evaristo, Lívia Natália e Tatiana Nascimento” (editora Malê, 2020). Realizou performances comissionadas pelo Museu Bispo do Rosário, pelo Galpão Bela Maré e pelo MAM-RIO. É professora e doutora em Teoria Literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem poemas publicados na Antologia Cult#1, na antologia “Ato poético: poemas para a democracia” (editora Oficina Raquel), em “Carolinas: a nova geração de escritoras negras brasileiras” (editora Bazar do Tempo e FLUP) e em Versão Brasileira: a voz da mulher” (Teatro da Mente/Retomada Cultural RJ, 2023).